Viver a Figueira 12 meses por ano

Um “ninho” de patrimónios e tradições da Figueira da Foz

5 gostos

Microninho_arteseoficios_alfaiate_paiao_figueiradafoz_2022

A Microninho é uma organização sedeada na Figueira da Foz, que tem como missão principal transformar ideias em negócios e ajudar candidatos ao mercado de trabalho, o que tem feito com mérito e qualidade desde 2011, junto de quem não tem facilidade de crédito ou carece de conhecimento de gestão, marketing e outras competências empresariais. A intervenção desta Incubadora Social e de Inovação é digno de ser conhecido (aqui), mas este artigo não é bem sobre isso, ou não estivéssemos num portal de turismo e cultura…

Acontece que a Microninho também tem levado a cabo um trabalho magnífico e ainda pouco conhecido, de valorização e promoção do património cultural da Figueira da Foz. Um labor discreto mas valioso, que as técnicas da Incubadora vêm desenvolvendo e ganha forma sobretudo no canal YouTube da entidade, numa playList Artes&Ofícios onde estão publicados pequenos vídeos bem produzidos, com base sobretudo em entrevistas aos protagonistas ainda vivos destes patrimónios.

Tradições da Figueira da Foz: Fogaça do Bom Sucesso
FOGAÇAS DA FREGUESIA DE BOM SUCESSO

Neste canal, inaugurado em início de 2021, já podemos conhecer os seguintes produtos, práticas e artesanatos figueirenses: as Fogaças do Bom Sucesso, o Dia de Reis, as Enguias de Lavos, os Aventais bordados de Buarcos, as Papas de Moado, a arte do Cofo, a história do Teatro em Tavarede, a Pesca da Lampreia, os Alfaiates do Paião, o Salgado da Figueira da Foz, de que falámos recentemente aqui no Meet, e a Arte Xávega.

A última curta sobre as tradições da Figueira da Foz será publicada no canal ainda este mês, mas o primeiro episódio já está disponível no Facebook e no Instagram da Microninho, onde ficamos a saber tudo sobre o Arroz Carolino de Maiorca.

Um excelente repositório documental, que pretende estimular empreendedores a retomarem algumas destas tradições numa ótica de negócio e criação de riqueza, sendo igualmente a melhor forma de os preservar: garantir que exista quem os saiba fazer. Além dos vídeos, a incubadora também tem promovido outras ações de divulgação e capacitação de agentes locais, como webinars dedicados ao tema “Artes, ofícios e produtos locais” e Oficinas de Artes e Ofícios, colocando em contacto os artesãos e guardiões de tradições com empreendedores e todo o público interessado.

Quer conhecer a memória viva dos tesouros patrimoniais imateriais da Figueira? Invista algum tempo neste projeto da Microninho. Deixamos aqui um “cheirinho”, com o episódio dedicado aos Aventais de Buarcos, uma belíssima marca distintiva do território que merecia melhor proteção e divulgação:

5 gostos

AUTOR

João P. Cruz
Consultor de comunicação territorial e patrimonial mas tudo lhe interessa. Estudou arqueologia, foi jornalista, biógrafo, ajudante de cozinha, ghostwriter, operacional do ICNF e livreiro. Integra desde 2018 equipas de classificação patrimonial (Nacional e UNESCO) e de projetos de desenvolvimento turístico, cultural e económico local. Está na luta dos territórios sustentáveis e inteligentes. Nasceu em Coimbra, vive na Figueira da Foz há 18 anos e é do mundo. É também co-fundador da MeetMunda Inovação e Turismo, empresa-mãe da marca MeetFigueira.

QUERO

×