Viver a Figueira 12 meses por ano

Céu Colorido, Natureza e Hospitalidade: Uma “Aventura” em Quiaios

4 gostos

Festival papagaios praia de quiaios 2023 (2)

Nos próximos dias 4 e 5 de Maio, a Praia de Quiaios transforma-se no palco do III Festival Internacional de Papagaios, um espetáculo aéreo de cores e formas que promete encantar todos os que visitam este pacato e belíssimo recanto do litoral figueirense. Um programa ideal para famílias, um pretexto para descobrir uma das mais acolhedoras e belas freguesias do concelho da Figueira da Foz. Conheça aqui as nossas sugestões sobre o que fazer e o que ver em Quiaios.

Durante dois dias, o céu sobre a areia dourada será adornado por papagaios de toda as cores e de todos os tamanhos, incluindo «papagaios gigantes», provenientes de países tão diversos como Tailândia, Alemanha, França e, claro, Portugal. Além dos shows de voo sincronizado, os visitantes poderão participar em ateliers de construção de papagaios e desfrutar de uma animação constante, com destaque para a noite de sábado, quando os papagaios iluminados darão um novo brilho às estrelas.

II Festival Internacional de Papagaios de Quiaios (2023). Foto: Junta de Freguesia de Quiaios.

Para além das propostas do Festival e de atrativos como o parque desportivo aberto, os longos passadiços nas dunas, a piscina pública oceânica e o agradável parque de merendas, recém-requalificado e que em junho recebe o obrigatório Festival Street Food, a Praia de Quiaios é um ponto de partida excelente para explorar as redondezas, sobretudo o menos conhecido norte do concelho da Figueira da Foz.

Mas sugerimos começar ligeiramente a sul: A poucos quilómetros da praia, encontramos a mística Serra da Boa Viagem, um “spot” ideal para caminhadas ou simplesmente para desfrutar da vista panorâmica sobre o Atlântico e sobre a extensa planície gandaresa.

Não menos encantador é o Cabo Mondego, famoso pelo seu altíssimo valor geológico e paleontológico – sobretudo os famosos fósseis jurássicos -, pela atividade mineira, mas também pela arrebatadora paisagem, marcada por imponentes formações rochosas a entrar pela vastidão do oceano. Aqui, aconselhamos, claro, a fazer a nova Estrada do Cabo Mondego (ou “Estrada do enforca cães” como é popularmente conhecida), sobretudo de carro ou de bicicleta, via panorâmica que permite um novo olhar por este majestoso promontório, com passagem pelo belo Farol e por diversos miradouros.

A Praia de Quiaios e a mais “central” vila de Quiaios, de facto, são excelentes pontos de “parar”, mas também são magnificos pontos de “andar”, pois daqui pode arrancar para algumas das melhores caminhadas na natureza da Figueira da Foz, seja pela serra, seja pelas dunas, matas e lagoas a norte. Já agora, se optar pela serra, não deixe de passar pela famosa “cascata de Quiaios“, sobretudo se tiver chovido nos dias anteriores, pois no verão costuma estar seca.


Mas eis uma “short list” de sítios que não pode perder em Quiaios. Cada um promete enriquecer a sua experiência na Praia de Quiaios, complementando o Festival de Papagaios com a exploração de um património natural e cultural singular.

Serra da Boa Viagem: Este oásis natural que divide o concelho é ideal para os amantes de caminhadas ou para aqueles que apenas desejam absorver a beleza escarpada do panorama atlântico. Além dos trilhos e das vistas, a Serra e o respetivo parque florestal, em grande parte na freguesia de Quiaios, apresenta multiplos pontos de interesse natural e histórico, como a Capela de Santo Amaro, palco de uma tradicional romaria anual.

Cabo Mondego: Como já vimos, local de significativo interesse geológico, este cabo oferece mais do que belas vistas: aqui, os visitantes podem explorar camadas de fósseis e estratos geológicos que narram a pré-história da Terra. É o local perfeito para uma tarde de descoberta e aventura paleontológica. E, para os amantes da contemplação ou da fotografia, o local perfeito para parar e absorver a paisagem costeira no ponto mais ocidental da região.

Lagoa das Braças. Quiaios. Figueira da Foz. Foto: Mónica Soares/Junta de Freguesia de Quiaios
Lagoa das Braças. Foto: Mónica Soares/Junta de Freguesia de Quiaios

Lagoa das Braças: Uma das várias lagoas dunares do norte do concelho, a única na freguesia de Quiaios mas indissociável das vizinhas como a grande Lagoa da Vela e as mais pequenas Salgueira e dos Teixoeiros. Este sistema lagunar proporciona um retiro sereno para os amantes da natureza. Estas lagoas são um habitat vital para várias espécies de aves e criaturas aquáticas, oferecendo um ambiente tranquilo, sobretudo para passeios ao fim da tarde. O grande incêndio de 2017 destruiu parte da mata nacional que rodeia as lagoas, mas muito do arvoredo sobreviveu e outro renasce, trazendo o verde de novo à paisagem destas lagoas, recentemente alvo de melhoramentos para visitantes, como passadiços ou um posto de observação de aves.

Vila de Quiaios: Desloque-se um pouco para o interior e mergulhe na história desta antiga freguesia, que remonta à fundação da nacionalidade, explorando a vila sede de freguesia e locais como a Igreja Paroquial de S. Mamede, com as suas relíquias arquitetónicas e artísticas, cuja origem data do século XVII ou a bela Capela de N. Sra da Graça, na aprazível praça central da vila, Largo Padre Costa Silva, onde encontramos também o mercado, o tradicional coreto, um parque infantil e de fitness, o centenário Quiaios Club com a sua programação cultural, bem como cafés e comércio diverso.

Mata Nacional das Dunas de Quiaios: Vale a pena explorar este refúgio ecológico onde a floresta e a paisagem dunar se combinam para criar um cenário de grande beleza natural, ideal para ciclismo, caminhadas e fotografia. O fogo, como já referimos, devastou grande parte deste frondoso pinhal, mas sobreviveram grandes núcleos arbóreos a oferecer sombra e vida para um passeio regenerador. A Eurovelo 1 da Costa Atlântica, é de sublinhar, atravessa esta mata, coindindindo com a Estrada Florestal 1, que tem sido requalificada, oferecendo uma ligação fácil e suave até Cantanhede ou Mira.


Onde Dormir e Onde Comer em Quiaios

A freguesia de Quiaios é das que está melhor dotada no concelho, em termos de serviços de alojamento e restauração, principalmente na zona balnear, onde não faltam ofertas de qualidade: um bom parque de campismo, hotelaria e alojamento local, bares e restaurantes garantem a diversidade das propostas. Mas esta é a nossa seleção especial:

SAND MURTINHEIRA BEACH (Parceiro MeetFigueira)
O local de eleição para quem procura uma experiência de refeição fantástica com vista para o mar. Situado nas dunas da praia da Murtinheira, este restaurante proporciona um ambiente tranquilo e maravilhoso, ideal para desfrutar com amigos ou em família.
Realça-se a simpatia e a disponibilidade do staff, assim como a qualidade e a apresentação da comida.
Os visitantes também têm a oportunidade de almoçar na esplanada, mesmo ao lado da praia, proporcionando uma experiência verdadeiramente relaxante e única.

3 deliciosas sugestões…
Cataplana do Mar
Massada de Robalo
Arroz de Marisco e Lavagante

Horário:
De sexta-feira a domingo: 11:00–22:00
Para reservas: 937 467 715
Morada: R. Marecos do Sul, 3080-514 Figueira da Foz https://maps.app.goo.gl/4sa86199N9MxxpuPA
Redes:
Facebook: https://www.facebook.com/sandmurtinheira
Instagram: https://www.instagram.com/sandmurtinheira/#

CEVADAS – CASA DAS CARNES DO ERVEDAL

No capítulo da arte de bem comer, não podemos também deixar de homenagear e promover aqui o ex-libris local: o célebre Chouriço de Quiaios, celebrado até num Festival, que ocorre habitualmente em Agosto na vila.

E neste capítulo, é incontornável a referência ao principal produtor local, a Cevadas, que mantém viva a chama deste antigo enchido curado em vinha de alhos e vende ao público na sua Casa das Carnes, no número 3 da Rua de Quiaios, com os seguintes horários:
2a a 6a-feira: 9h00-13h30 / 15h00-19h00
Sábado: 9h00-13h00 / 15h00-19h00
Domingo e Feriados: 9h00-13h00

WE SURF HOUSE (Parceiro MeetFigueira)
A We Surf House nasce do amor pela natureza, conforto e sustentabilidade. Este alojamento local fica em cima da praia com vistas maravilhosas sobre a Serra da Boa Viagem.
Dispõe de sete quartos com wc privado, sala, cozinha, jardim com barbecue, piscina, jacuzzi, horta biológica, mini half pipe e rooftop com bar. Fica situada numa pequena praia chamada Murtinheira, a 10km a norte da Figueira da Foz e a meio caminho dos dois aeroportos (Porto e Lisboa).
Ideal para amantes da natureza, experiências locais e ligadas ao mar. É um lugar perfeito para uma escapadinha em família ou com os amigos e partilhar momentos únicos e felizes.

O lema da We Surf House: “Não colecione coisas, colecione momentos.”

Reservas: (+351) 913 140 204
Morada: Rua Marecos do Sul, nº39 Murtinheira | 3080-514 Figueira da Foz https://maps.app.goo.gl/byK1NbaUpYSgmw3W9

Redes:
Facebook: https://www.facebook.com/we.surfhouse
Instagram: https://www.instagram.com/we.surfhouse/

4 gostos

AUTOR

João P. Cruz
Consultor de comunicação territorial e patrimonial mas tudo lhe interessa. Estudou arqueologia, foi jornalista, biógrafo, ajudante de cozinha, ghostwriter, operacional do ICNF e livreiro. Integra desde 2018 equipas de classificação patrimonial (Nacional e UNESCO) e de projetos de desenvolvimento turístico, cultural e económico local. Está na luta dos territórios sustentáveis e inteligentes. Nasceu em Coimbra, vive na Figueira da Foz há 18 anos e é do mundo. É também co-fundador da MeetMunda Inovação e Turismo, empresa-mãe da marca MeetFigueira.

QUERO